Mindfulness e Regulação Emocional

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sentir as emoções, quaisquer que sejam, é sempre saudável e forma parte da realidade desse momento, dando-nos informação valiosa. Não obstante, senti-las não significa obedecer ao que nos impõem.

Podemos caracterizar a regulação emocional como o processo através do qual o indivíduo influi em como sente a emoção, quanto tempo esta dura, como a vive e como a expressa. É um processo dinâmico e retroalimentável em que podemos aplicar estratégias distintas.

O Mindfulness permite regular a força da emoção focando a atenção nas sensações corporais ou na respiração, sem deixar-se arrastar pela torrente de pensamentos relativos ao assunto. Para isso, há que ver a emoção como algo que forma parte de nós, mas com uma distância prudente, uma vez que não somos a emoção. A atitude adequada é a de se aperceber da emoção, mas reconhecendo a sua natureza transitória.

Para além de regular as emoções, o Mindfulness fornece-nos inteligência emocional que nos permite questionar as causas de cada emoção. Pense que a emoção nasce do encontro entre os seus desejos e a realidade; à medida que se torna mais consciente dos seus desejos ou expectativas, também melhora a sua capacidade para satisfazê-los. É deste autoconhecimento que brotam as bases sólidas para a felicidade.

As sete bases do Mindfulness<< >>Parentalidade Mindful

About the author : Centro para o Mindfulness

Centro para o Mindfulness na Medicina e na Sociedade